domingo, 26 de maio de 2013

um tempo.


                E agora? O que faço a esta vontade de dizer que te amo? E onde guardo todo este sentimento que já não cabe no coração? Deixo as lágrimas serem livres?

                Naquela noite eu senti-me a sufocar. Senti o medo a apoderar-se do meu corpo, tremia descontroladamente. Chorei, tive vontade de gritar, e deixei a música libertar tudo de uma forma silenciosa e barulhenta ao mesmo tempo. Fechei os olhos imensas vezes e pensei: isto não está a acontecer.

12 comentários:

A♓ disse...

O texto está lindo, está perfeito. <3
Sei como te sentes, sei que estás a sofrer, sei que não consegues ver o fim do mar negro que estás a atravessar. Mas também sei de uma outra coisa: sei que tudo passa, tudo. E sei que ainda muita mais felicidade está à tua espera, com ou sem ele.

Amante Japonesa disse...

Chora! Vais ver que ficas melhor (:

Audrey Deal disse...

Oh minha linda como estás? Tens de ter muita força e tenho a certeza que vais conseguir superar essa dor.

Carolina disse...

Nenhuma dor dura para sempre, lembra-te :)

isabel * disse...

Oh querida, muita força! (: Eu sei o que custa mas tens de ser mais forte que isso! (: e não tenhas medo de dizer nada! :) Não deixes nada por dizer, isto é a resposta às tuas primeiras perguntas!

isabel * disse...

r: ahahahah, essa do portal no meio da mata é verídica de certeza :b Opá, não têm noção da figura que fazem ;p

A♓ disse...

Vai passar, vais ver. Força!

Pipo Santos disse...

Troca essa vontade pela "Eu tenho de ser forte"! *

Marlene Quintas disse...

É lixado, mas acontece :s

A disse...

Por favor, tem força <3

Pipo Santos disse...

E tu vais conseguir ser forte! :D *

Blackbird disse...

Às vezes chorar alivia, já é uma boa ajuda. Força, tudo vai melhorar :)