terça-feira, 10 de julho de 2012

algo que se sente


             Um beijo com saliva deixa de ser só isso quando alguém entra na nossa vida e transforma esse mesmo beijo numa doce melodia que embala o coração. O amor é o som de fundo, que sobressai a cada batida sentida. Uma batida que começa leve e cresce forte.

             O som do amor flui no ar, cresce nos corações, percorre o corpo de cada um provocando arrepios. Arrepios de paixão, ou não. Um pequeno sussurro e uma simples palavra podem fazer com que o coração palpite descontroladamente. Amor, é o que ele sente. Amor, é o que ambos sentem.

             As palavras têm de ser sentidas e não cuspidas por estarem a apertar na cabeça. Dizemo-lo porque o sentimos, não porque soa bem. Amor, algo que se sente. Mentirosos? Há muitos.

22 comentários:

- Bianca disse...

Agradeço pois! É sempre reconfortante "ouvir" essas coisas :') Muito obrigada!

Helena disse...

É muito bom saber isso, acredita.
Gostei muito do que li.

Marcela disse...

Adorei como sempre. Espero que uma diz poça ler um livro teu. Acho que tens talento para isso.

V disse...

é bem verdade! quando tudo é sentido sabe muito melhor :) *

Catarina. disse...

Muito obrigada querida e adorei o texto*

Luana* disse...

passei-te um selinho, está no blog :)

may rose disse...

as tuas mãos conseguiram escrever uma verdade tão grande enrolada em amor, amor e amor. é doce ver a tua forma de escrever e de sentires o que escreves :3

Catarina disse...

olá querida, já nem te deves recordar de mim, tenho andado muito ausente daqui, peço desculpa.
desejo-te as maiores felicidades do mundo :)

anónimo (: disse...

Obrigada por tudo, por nunca me deixares (:
Já escrevi o texto , espero que não fiques muito surpreendida e mais importante , que gostes (:

Mariana Penna disse...

Palavras tem que ser ditas docemente, e não jogadas como pedras.

Um beijo e boa noite!

happy ♥ disse...

- pois, gostei*

Catarina disse...

fiquei mais descançada amor, tinha tantas saudades tuas querida. pela tua escrita percebo que estás feliz, verdade ?

- Bianca disse...

Oh meu deus! Muito obrigada minha querida! :')

Luana* disse...

De nada querida :D

Luana* disse...

De nada, fico à espera para ver então linda :D

Catarina disse...

tens toda a razão amor. tb adoro falar contigo querida. sabes eu quando estou num grupo de pessoas tipo da minha idade eu sinto-me desconfortável por dentro, fico nervosa e não me sinto muito bem. eu sei que isto é estranho mas acontece mesmo comigo.

may rose disse...

ora essa, não tens nada de agradecer :3

Luana* disse...

Esperemos bem que sim, linda.

anónimo (: disse...

o bom de tudo isto , é as pessoas compreender tudo o que se passa e para além disso , tentarem-nos ajudar ao máximo , fazer os impossíveis para que um pessoa fique um bocadinho melhor (;
já agora , adoro o que escreves e adorei a ultima frase do teu comentário , thanks (;

Tottitas disse...

Obrigada querida, é bom estar de volta <3

may rose disse...

muito obrigada querida :3

Tottitas disse...

É isso mesmo que vou tentar fazer. É bom saber que posso contar contigo (: