segunda-feira, 7 de maio de 2012

i just want to grab him and kiss him



                Quando dei por mim estava perdida. Perdida no conforto dos teus braços, envolvida com delicadeza. Entrelacei os meus dedos nos teus, e tu apertavas-me mais contra ti para me protegeres do frio que estava à nossa volta. Beijavas-me levemente a testa, mostrando tanto carinho por mim. Sentia-me segura contigo, sentia-me eu própria. Nada mais importava para além de nós os dois, aquele era o nosso momento.

                Os nossos corpos estavam colados um ao outro. Olhavas-me nos olhos e eu sorria espontaneamente. Estávamos tão perto um do outro, os nossos lábios estavam prestes a tocar-se tal e qual como aconteceu com os nossos corações.

                Aproximámo-nos ainda mais, senti os teus lábios nos meus e parecia que nesse instante uma melodia pairava no ar. O meu desejo naquele momento era que nunca mais tivesse de sair dali, dos teus braços. Sinto que finalmente alguém me aceita como sou.

            Fazes-me sentir uma princesa, a tua princesa…

14 comentários:

maria. disse...

Adorei! Que sejas muito feliz.

Ana Margarida disse...

Oh meu amor, como fico feliz ao ler isto. Tu mereces <3

Vitória disse...

oooh gostei tanto! :) ainda bem que te sentes feliz! **

maria. disse...

Vai mesmo, mas vejo a sexta-feira muito longe ainda.

Ana Margarida disse...

Obrigada, meu doce.

Vitória disse...

ainda bem minha querida! :) **

Marlene Quintas disse...

É um livro bastante interessante e bonito :)

maria. disse...

Muito devagar mesmo, parece que as horas se viram contra nós.

♥ marta. disse...

que tudo corra bem, minha querida:)

Ana Margarida disse...

Também eu, doce.

Marlene Quintas disse...

Pois é, mas por vezes insistimos em correr atrás de quem não nos merece...

Marlene Quintas disse...

O pior mm é quando consegues arranjar forças e desistir e essa pessoa pedir-te "não desistas, não desistas de nós" para depois falar contigo durante uns meses na perfeição e depois caga em ti e não quer saber de mais nada, isso é que é mm lixado, pq depois para arranjares aquela força de novo é difícil. :s

eliana correia disse...

obrigada amor :D

Marlene Quintas disse...

pois, comigo é algo desse genero,e sim tens razão é bastante dificil, mas nada se consegue sem esforço