quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

número um.


                Pega na minha mão e sussurra-me ao ouvido que me amas. Faz-me acreditar que o que dizes é realmente o que sentes. Cala-me com um doce beijo e provoca-me com o teu olhar. Não me largues, nem quando eu tiver de ir embora.

                Realmente queres ser o meu número um? Faz-me acreditar nisso. Não bastam as palavras, é preciso atitude. Sim, porque as palavras cada vez mais perdem o seu valor, se me amas, prova-o com atitudes.

                Surpreende-me com simples gestos, às vezes é tudo o que é preciso. Sê sincero comigo, e contigo mesmo. Não me desiludas.

16 comentários:

Daniela disse...

Que lindo :D

e.c ♥ disse...

que textoooooooooo o: está mesmo lindo, o:

maryanne. disse...

oh linda, não sei a quem te diriges neste texto, mas se for a quem estou a pensar, tens de acreditar nele e tens de fazer com que ele acredite em ti mais do que nunca agora. ele irá mostrar-te, no matter when, que gosta REALMENTE de ti.
i'm with you, no matter when, no matter what happens, you know. lyou!

sanddi disse...

que bonito :)

Maria Inês Rodrigues disse...

Adorei, óbvio que sigo :D
Simples , mas fantástico :D
Gostava muito que desses a tua opinião em relação ao meu http://voltar-ao-inicio.blogspot.com/ e se gostasses, seguisses, era óptimo :b
Beijinhoooos :D

maria. disse...

Adorei.

MarcelaMaia disse...

Ainda bem que gostaste :D

sanddi disse...

de nada :)

Maria Inês Rodrigues disse...

gostei sim :b beijinhos *

maryanne. disse...

oh princesa, não penses mais nisso, passará. estou aqui, contigo, para tuo, SEMPRE <3

maria. disse...

Obrigada também querida (:

maryanne. disse...

tudo depende do que vocês quiserem, do caminho que vocês tomarem linda.

márcia disse...

mesmo, há pessoas que não têm um décimo do que temos, nem as condições minimas.

adorei o teu texto, as always (:

Daniela disse...

Pessoas que não sabem o que sentem!

MarcelaMaia disse...

Por acaso nunca vi. Tenho que ver se vejo um dia destes.

MarcelaMaia disse...

Ok, mas olha que não o vou ver tão cedo.