terça-feira, 13 de setembro de 2011

Dias de infância


                Lembro-me dos dias de Outono a fugir enquanto começava a orvalhar. Fugia dos meus amigos, aqueles que em tempos eram só os que eu conhecia. Sentia o vento a bater-me na cara, e depois quando estavam prestes a apanhar-me dava o toque de entrada e lá íamos nós para a pequena sala, onde estavam juntas as quatro turmas. Ao todo devíamos ser uns 30 ou menos.

                Todos nós tão inocentes, sem noção do que a vida era. Sem noção do que era um verdadeiro problema, e o que o futuro nos esperava. Nos intervalos cantávamos, jogávamos futebol ou à macaca. Corríamos, escondíamo-nos, riamos, tudo em conjunto. Claro, que por vezes também discutíamos, discussões sem importância. Afinal, éramos apenas umas pequenas crianças a aproveitar a infância.

                Entretanto, o tempo passou. Quase todos nos separámos, seguindo rumos diferentes. Já não sentia o vento a bater-me na cara como antes, e aquele sorriso que eu tinha todos os dias, desaparecera. Conheci pessoas novas, diferentes do que eu estava habituada a lidar. Deixei de ver os meus antigos amigos, e se os via, já não nos falávamos ou então já não era a mesma coisa. Os tempos de infância já lá iam.

                Tudo mudou, eu mudei. Cresci e eles cresceram. Passei por coisas que antes nem imaginava. Comecei a perceber que enquanto o tempo passa, aparecem obstáculos cada vez mais difíceis e dos quais eu tenho de ultrapassar. Percebi que hoje o que é para mim um obstáculo, daqui a uns anos vai ser apenas um degrau que consigo subir com facilidade. Os problemas vão piorar mais, e eu vou estar pronta para os ultrapassar, com ou sem ajuda.

35 comentários:

márcia disse...

identifico-me mesmo bastante, sinto-me exactamente como tu.

aR disse...

está lindo! Muito profundo adorei (:

Katita ツ disse...

Pois querida!
Adorei o post!
Tá lindo (:

nalini disse...

Está simplesmente lindo. A infância é a melhor parte de nós mesmo sei percebermos. É ela que nos trás as melhores recordações, é com que que aprendemos a crescer.

e.c ♥ disse...

"já não sentia o vento a bater-me na cara como antes", só isto, explica o teu texto todo e o que queres dizer. frase perfeita amor o: gostei tanto (:

Vitória disse...

adorei :) escreves sempre tão bem! :)

Lєтıs '' disse...

. acredito (:

Daniela disse...

Mesmo, sei bem o que isto é...
Amei *-*

Luanaasantos disse...

Adoro, sigo :)*

silvia disse...

Adorei *.*

silvia disse...

Não sei dizer querida, talvez hoje , talvez outro dia :x
Mas quando for meter , aviso-te ;)

Mónica* disse...

Ó, muito obrigada (:
E eu adoro o teu

● Mysterious.Girl disse...

mesmo :3 sim até agora estão e bem (:
vais ver que vais encontrar , quando menos estiveres a espera (:

silvia disse...

Nova parte :D

aR disse...

obrigado princesa (: muito obrigada, eu sou sempre assim!

silvia disse...

Oh querida obrigada e de nada *.*
Tu podias fazer uma nova, ja que tiveste de apagar aquela :x

Mónica* disse...

Mais uma vez, obrigada (:

Mónica* disse...

* e não tens de agradecer .

nalini disse...

Podes crer. Na infância nada está mal para nós, não há problemas e podemos ser o que queremos.

Luanaasantos disse...

obrigada , mas é sempre dificil ver partir o nosso amor . :S

; diiana ♥ disse...

Ainda bem que gostas.te querida (:

Bee :D disse...

Nao, nunca vi, eu nao sou muito dada a lobisomens, prefiro vampiros :D

fernandes. disse...

gostei do post :)

silvia disse...

Booooa vou fica há espera *-*

● Mysterious.Girl disse...

vais ver que sim querida :D

Bee :D disse...

E é giro? :D

maryanne. disse...

sim sei . foi baseado no teu outro texto que eu escrevi aquele :)

maryanne. disse...

adorei este texto, e quero que saibas que seja para o que for, tens a minha ajuda <3

Katita ツ disse...

De nada querida :)

Bee :D disse...

Eu não gosto muito de Supernatural, apenas dos actores ;D

Lєтıs '' disse...

. muito obrigada +.+

maryanne. disse...

sei sim, princesa. e tu sabes bem que nunca vou rejeitar a tua ajuda seja para o que for.
pois é amor, está quase a começar :c e fazes muito bem, também vou tentar publicar muitas vezes :)

- Andreia José disse...

acreditaa que é :D

cristiana. disse...

obrigada querida :D
gostei*

JoanaFernandes disse...

AMO o texto *_*
E obrigada pelo comentário, ainda bem que gostas! :)